Resenha: The Marshall Mathers LP 2 – Eminem

Já que o fim do mundo não aconteceu em 2012, como diziam os Maias, 2013 (que está prestes a acabar) pode ser considerado o ano fênix para muitos representantes do cenário musical. Não, isso não significa que eles, de fato, estivessem mortos, mas cantores consagrados como o rapper Eminem – que já conquistou diversos prêmios importantes além de recordes históricos e milhares de fãs ao redor do mundo – faziam falta nesse mundo louco chamado indústria musical.

Regozijando de seus 41 anos de vida, Marshall Bruce Mathers III, mais conhecido pelos codinomes Eminem e Slim Shady, mostrou mais uma vez porque está na lista dos músicos mais premiados da história, acumulando Grammys e Oscar, ao longo de sua carreira. O lançamento de seu sétimo álbum de estúdio, intitulado The Marshall Mathers LP 2, veio para consagrar – mais uma vez – a trajetória de mais de 20 anos do rapper, que já fez parte do ranking dos Melhores Artistas de Todos os Tempos da revista norte americana Billboard.

Há mais de 10 anos, precisamente em 2000, Eminem lançava o aclamado The Marshall Mathers LP, seu terceiro álbum de estúdio e que possivelmente – senão efetivamente – faz parte da lista dos Melhores Álbuns de Rap de Todos os Tempos, além de servir de inspiração para diversos artistas do gênero. Por isso, não é de se surpreender, que após anos concentrando experiência, o novo trabalho do rapper seja ainda melhor e alcance mais êxitos que o anterior. O The Marshall Mathers LP 2 mostra, depois de altos e baixos, idas e vindas, erros e acertos, que Eminem não é apenas mais um cantor norte americano que passa por instabilidades na vida pessoal que influenciam seu lado profissional, mas um compositor, produtor e músico que busca superação através de cada dificuldade.

Pela sétima vez consecutiva, Eminem conseguiu alcançar o topo da parada britânica de álbuns e também vendeu 143 mil cópias – o terceiro maior número deste ano, ficando atrás apenas de ‘AM’ da banda britânica Arctic Monkeys com 157 mil e ‘Random Access Memories’ da banda Daft Punk, com 165 mil vendas – logo na semana de estreia de The Marshall Mathers LP 2. O álbum contém 16 faixas, conta com mais cinco para a versão deluxe, foi produzido por Rick Rubin e Dr. Dre, parceiro do rapper desde o início de sua carreira.

MMLP2O MMLP2 traz um ‘Slim Shady’ que se arrisca mais na sonoridade e dá muito mais espaço para o som da guitarra, o que pode ser percebido em Berzek, single de estreia e oitava faixa do disco, dando um ar mais pesado. Já em Legacy, a sexta faixa, é possível se recordar de uma das músicas mais famosas do cantor, Stan. O som do piano e o vocal feminino reforçam ainda mais esta ideia. Além disso, a autoconfiança e autoafirmação, que fazem parte da personalidade do rapper, ficam evidentes nas faixas Rap God e Brainless. Nas duas músicas, a facilidade e habilidade em rimar, mesclam-se a suas crenças e críticas.

Na tentativa de repetir o sucesso de Love The Way You Lie, do álbum Recovery, Eminem convida Rihanna para mais uma parceria. A faixa The Monster traz vocais impecáveis da cantora, e mesmo que a letra fuja um pouco do contexto do restante do disco, não deixa de impressionar pela ótima combinação da dupla. O cantor também aproveita a oportunidade para trabalhar com o rapper Kendrick Lamar, em Love Game, e o vocalista da banda Fun., Nate Ruess, em Headlights.

Os dois anos de espera por um novo disco de Eminem valeram a pena, visto que o rapper apresentou um amadurecimento musical e soube aproveitar as tendências da época com antigos ingredientes que possuía, resultando em um maravilhoso trabalho para o gênero, que definitivamente consagra Slim Shady como um dos maiores rappers de todos os tempos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s