Gosto das redes sociais na época de grandes eventos.

Quando chega o final de ano todo mundo ama todo mundo. Quando estamos na Copa todo mundo fala que ama futebol, é torcedor, é patriota. Quando chega nas premiações como Grammy e Oscar todo mundo vira crítico de música e de cinema. E quando chega a campanha eleitoral? Nossa, ai todo mundo é honesto, é politizado.

É muito divertido ver esse tipo de coisa no feed de notícias, é tanta criatividade que aparece e é desperdiçada. Acho, só acho também, que as pessoas deveriam usá-la em prol de tudo isso que escrevem ao invés de ficarem “presos” a uma rede social.

Sou totalmente a favor expor o senso crítico, concordo plenamente que precisamos nos envolver e dar opinião sobre as coisas, adoro debates. Porém o que estamos realmente fazendo com nosso argumento? Será que temos jogado na gaveta (ou no mural do facebook) ou temos sido influenciados pelo o que a maioria das pessoas dizem só para sermos aceitos?

Como o assunto do momento são as eleições, é inevitável não falar disso. Mas qual tem sido nosso verdadeiro posicionamento? Hoje, em meio a tanta corrupção, é muito fácil tentar tapar o sol com a peneira e dizer “ninguém presta, são todos ladrões”, contudo será que estamos inseridos na política a ponto de poder “julgar” o que é certo e errado.

O que é política? “São esses caras corruptos que ficam em Brasília e roubam nosso dinheiro” Caras que vocês, nós, elegemos para nos representar em um órgão público que organiza a sociedade a qual vivemos.

Só para deixar claro: não estou dizendo que não exista corrupção, no entanto, o que nós como cidadãos temos feito para mudar isso? Acho que as manifestações e protestos que aconteceram no ano passado não podem ser em vão, por isso, você que participou ou só acompanhou as notícias, o que vai fazer com seu voto? Já sabe em quem votar? Já analisou as propostas dos candidatos? O passado político dele? Não se deixe influenciar pelo que a mídia, a tv, a internet, ou os próprios políticos expõem através de falsas promessas. Use o seu juízo de valor para decidir aquilo que considera melhor não só para si mesmo como para todos, porque por mais que você não goste das pessoas você vive em uma sociedade e tudo o que os políticos escolhidos por ela fizerem afetará a todos (ou pelo menos deveria, se é que me entendem).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s